Buscar
  • Everton Lopes

VERDADES SOBRE A VIDA DE ENFERMEIRA

Bem, como especialista na área de ajuda, quero dar algumas dicas pra você equilibrar suas emoções e começar ou resgatar uma vida de maior satisfação na profissão de enfermagem:


Meu nome é Everton Lopes e desde 2002 trabalho em áreas de ajuda humanitária, há muitos anos eu e minha equipe cuidamos e preparamos o que chamamos de AJUDADORES, Talvez este termo seja um pouco estranho pra você, mas nós entendemos como ajudador aqueles que utilizam sua profissão, estudo, dons e talentos como ferramenta para ajudar, pra amenizar a dor daqueles que mais sofrem. Nesta perspectiva todos os profissionais da ENFERMAGEM são ajudadores.


O QUE É A PROFISSÃO DE ENFERMAGEM?

Segundo o Coren (conselho regional de enfermagem) “A Enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde e a qualidade de vida da pessoa, família e coletividade”.Este profissional atua na promoção, prevenção, recuperação e reabilitação da saúde, com autonomia e em consonância com os preceitos éticos e legais.


POR QUE ALGUÉM SE TORNA PROFISSIONAL DE ENFERMAGEM?

Durante estes muitos anos atuando na ajuda humanitária já ouvi muitos profissionais declararem sua motivação para o exercício da profissão, faço questão de citar algumas das motivações que já ouvi dos próprios profissionais:


"Sou enfermeira..."

  1. Pelo salário (principalmente em cidades pequenas a remuneração é o principal foco)

  2. Por frustração, pois não consegui aprovação no curso de medicina.

  3. Pela falta de opção, pois na região que moro era o único curso da área de saúde que existia.

  4. Pela tradição em minha família.

  5. Pelo reconhecimento (em comunidades pequenas isso acontece demais)

  6. Porque não gosto de rotinas, mas gosto de desafios novos todos os dias (satisfação pessoal).

  7. Pela flexibilidade que a profissão me dá (posso trabalhar em vários locais e horários).

  8. Pela estabilidade e empregabilidade, pois sempre somos solicitas pela grande demanda particular e privada.

  9. Pela compaixão, pois assim posso ajudar pessoas e ter uma profissão ao mesmo tempo.


Independente do "por que" entrou, a pergunta agora é: Você quer continuar?

Se sim, então precisa aprender a encontrar sua vocação na sua profissão, pra uma vida pessoal e profissional de qualidade precisa aprender a ser feliz vivendo na área da enfermagem.


OS DESAFIOS DA ENFERMAGEM

É claro que muitos profissionais encontram satisfação no desempenho da função, mas é inegável que todos enfrentam grandes desafios, observe se você se identifica com alguns deles:


  • (IMPORTÂNCIA) Me sinto desvalorizada/desprezada;

  • (IMPOTÊNCIA) Não tenho as mínimas condições de trabalho diante das situações dos meus pacientes;

  • (INSEGURANÇA) Tenho medo, pois corro riscos a todo momento;

  • (EXPECTATIVAS erradas) Estou tão saturada que não alimento nenhuma expectativa de melhora no local onde trabalho


Os desafios da enfermagem torna a vida profissional muito frustrante, pois você precisa se adaptar ao sistema pra sobreviver. Ver o abandono e a solidão dos pacientes que são "largados" pelos próprios familiares, lidar com os erros médicos em segredo gera uma pressão interna enorme, fora os segredos dos pacientes e os dilemas éticos, como a não aceitação de transfusão de sangue de alguns religiosos, que em certos casos resulta na morte de crianças. Estas pressões geram sentimentos nocivos, que se não administrados com equilíbrio tendem a destruir a vida emocional, física e até espiritual.



Quantas vezes você já foi para o banheiro chorando ou revoltada sentou no corredor do hospital dizendo: "não deu, não consegui". A culpa por não ter feito o suficiente, ou até mesmo pelo fato de não estar conseguindo conciliar trabalho com a família. Sei que conviver com a  sensação de perda dos dois lados é massacrante para muitas.

Milhares de enfermeiras não possuem mais vida social, sua história foi resumida ao trabalho, assim o esgotamento emocional e físico, tem gerado a síndrome de Burnout, e esta por sua vez tem se tornado cada vez mais comum nestes profissionais. Se no dia a dia isso já tem se tornado comum, imagine o pós COVID-19? Quantos profissionais começarão enfrentar os traumas do que viu e passou durante a pandemia? Traumas semelhantes a pós-guerra que soldados enfrentam por anos após retornarem para suas casas. Já estive em muitas situações assim, no socorro humanitário pela destruição de Tsunami, Terremotos e pelo menos 2 Guerras no Oriente Médio, por isso conheço muito bem esta sensação. Entendo a necessidade urgente de cuidados para estes cuidadores tão generosos que chamamos de enfermeiras.



DICAS PARA ENFERMEIRAS

Bem, como especialista na área de ajuda, quero dar algumas dicas pra você equilibrar suas emoções e começar ou resgatar uma vida de maior satisfação na profissão de enfermagem: ACEITAÇÃO; Entenda que o quadro, o contexto não mudará, então aceite que este é o fato (não significa que você gosta ou concorda), mas compreenda que estas situações continuarão e foge da sua alçada. Isto te ajudará a não criar mais expectativas infundadas e não se punir como se fosse responsável por tudo e todos. IDENTIDADE; Faça uma autoanálise, se conheça melhor. Seus dons, talentos e função, assim poderá estabelecer alvos e limites reais. Afinal, uma identidade definida proporciona a ação e reação correta. Por exemplo: você não é a curadora, mas hoje compreende que seu dever é proporcionar dignidade durante esta fase difícil que o paciente vive." "Quem vive pela identidade constrói a felicidade. Quem vive por resultados passa por momentos de alegria, que sempre é trocada pela frustração de uma expectativa não alcançada". Você pode entrar no meu canal do youtube e assistir o vídeo que falo sobre o "Pássaro e a gaiola dourada", e entenderá com mais profundidade sua identidade como enfermeira ou vídeos específicos sobre profissionais da enfermagem.



VOCÊ É ESPECIAL

A grande verdade é que a enfermagem é essencial para a qualidade de vida do ser humano, e se você foi escolhida por ela, então és uma privilegiada. Porém também é verdade que a Universidade não ensina como gerenciar o coração diante de todas as circunstâncias que se apresentam no dia dia. Então está na hora de mudar sua história, ainda há tempo para alinhar sua vida e profissão, para que ambas tenho o sentido correto.

Pensando nisso eu preparei um treinamento especial pra você, serão alguns dias específicos e intensos de treinamento das nossas emoções e diante das decepções e na construção da felicidade na vida pessoal e profissional.

Assim quero te convidar para a SEMANA EXTRAORDINÁRIA (clique para se inscrever GRATUITAMENTE)

Ressignifique a enfermagem na sua história. E conte comigo e minha equipe pra isso. Everton Lopes


| Termos de uso .

| Política de privacidade .

| Considerações importantes

| Copyright

Receba toda semana nossas informações, avisos de lives e conteúdos gratuitos.